• Heli Gonçalves Moreira

Valorização do Emprego

Mais do que nunca, um dos grandes desafios do Dirigente Empresarial moderno, para fazer frente à crescente competitividade do mercado, aos desafios das crises recorrentes, ao avanço da tecnologia, é manter elevado o nível de comprometimento, engajamento e motivação dos colaboradores.


Ao longo destes anos, atuando como Consultor, tive a oportunidade de conhecer e conviver com diferentes grupos de empregados, em diferentes situações e de diferentes ramos de atividade e regiões do País.


Tipicamente os Clientes da HGM Consultores são empresas de grande porte que têm como política adotar as melhores práticas de gestão de recursos humanos do mercado.


Estranhamente e, até certo ponto, com surpresa, pude observar, em não raras ocasiões, que os colaboradores mais antigos destas empresas, mostravam-se nitidamente desmotivados, apesar de todos os investimentos e esforços dos seus empregadores.


O fenômeno que ocorre com esses colaboradores é mais ou menos o seguinte:

  • uma característica comum entre as grandes empresas é adotar políticas para atrair e manter mão de obra de qualidade;

  • por consequência, estas empresas acabam por valorizar a estabilidade no emprego, proporcionando aos seus colaboradores, por meio de uma visualização do progresso profissional e salarial, a tranquilidade necessária para um planejamento pessoal e familiar de longo prazo; este é o lado bom da moeda;

  • o lado perverso é que, mesmo nesta condição, a permanência da maioria dos colaboradores por longos períodos no mesmo cargo, inevitavelmente os levará ao limite de suas competências e, por consequência, ao topo dos seus patamares profissionais e salariais; convenhamos, cada um de nós tem as suas limitações;

  • quando isto ocorre, como que por encanto, as pessoas deixam de enxergar as boas políticas e práticas de gestão da empresa e passam a perceber, com maior nitidez e criticidade, atitudes empresariais que visem reduzir ganhos ou benefícios ou que são vistas como tal; e qual não é a empresa que vez por outra tem que restringir algum benefício ou vantagem oferecida aos seus empregados?

  • outras reações negativas ou críticas dos colaboradores são decorrentes de falhas nas práticas de gestão, na prestação de serviços ao pessoal ou na concessão de algum benefício; e qual a empresa que consegue manter tudo em ordem o tempo todo?

Já o novo colaborador, recém admitido, assumindo o seu primeiro emprego ou uma colocação após algum tempo de busca, está em paz e feliz em relação aos fatores higiênicos motivacionais, preconizados por Maslow e Herzberg.


Nos primeiros dias e mesmo meses vive uma verdadeira “lua de mel” com o seu novo empregador.


Entretanto, ao ter contato com os demais colegas mais antigos e desmotivados, que passam a fazer parte da sua nova vida, a sua motivação será inevitavelmente afetada, para pior.


Pensando nestes tipos de situação, que conduzem os colaboradores para a conhecida e incômoda “zona de conforto - registrar o ponto, cumprir as obrigações e receber o salário no final do mês”, a HGM Consultores desenvolveu o Projeto Valorização do Emprego.


O título do projeto, à primeira vista contundente e que pode ser ajustado à cultura da empresa cliente, define o seu conteúdo.


O projeto é apropriado para qualquer tempo, tornando-se mais eficaz em épocas como: negociação coletiva, pesquisas de clima, busca de certificações e premiações, reestruturações, fusões etc.


O nosso propósito é desenvolver e implementar um projeto capaz de promover, nas lideranças e nos colaboradores, uma profunda e inspiradora reflexão, por meio de uma abordagem inovadora:

  • identificação e quantificação dos Indicadores do Valor do Emprego, focando tudo aquilo que realmente conta na sua relação com a empresa, não somente o seu cargo e salário, mas coisas como oportunidades, reconhecimento, investimentos em segurança e melhores condições de trabalho etc.;

  • formatação de um book com os Indicadores do Valor do Emprego, para distribuição às lideranças, colaboradores e seus familiares; e

  • realização de palestras motivacionais de curta duração, com aplicação de pesquisa específica que permite avaliar claramente a percepção dos colaboradores da sua relação com a empresa.

Manter os colaboradores estimulados é um grande desafio.

O tempo, naturalmente, desgasta a relação e a empresa precisa mostrar tudo o que faz para o seu colaborador. É hora de agir!

A retomada da consciência sobre o valor do emprego é o caminho para a motivação e o entusiasmo que conduzem a resultados.

Nossa experiência, com o desenvolvimento de inúmeros projetos para empresas como Novelis (ex-Alcan), Companhia Vale do Rio Doce, Magnesita Service, Votorantim Metais, Acesita, Amoi, Companhia Brasileira de Alumínio, Mineração Rio do Norte, Goodyear, Brasil Terminal Portuário dentre outras, nos permite assegurar um retorno extremamente interessante, fazendo com que os colaboradores reconheçam as boas práticas de gestão de recursos humanos e migrem para uma zona de comprometimento e engajamento com os valores e com as metas das empresas.